... É SÓ UM COMEÇO! =)



Read Users' Comments ( 0 )

Era a minha vez de entrar...

... estava com medo, lembrava que a partir dali minha vida seria diferente. O que meus pais iriam falar? Iam me chamar de irresponsável para baixo, seriam capazes de me tirar em casa. E meu namorado? Que sempre cuido muito para que isso não acontecesse, mas eu quis e vou arcar com as consequências e mais: eu vou ficar com ele custe o que o custar.
Já era quase 16:00 horas e sai de casa ás 10 da manhã, meu celular estava desligado pois, não queria que ninguém me enchesse o saco. Fui até a casa da minha melhor amiga, ela sabe muito bem como é isso. Passou por isso não faz nem um mês e agora sou eu! Conversamos e ela me apoiou e me aconselhou a ir pra casa e conversar com todo mundo lá...
Caminhei até a minha casa desesperada, minhas mãos suavam, eu suava frio, tremia muito. Ficava pensando como seria a reação de todo mundo do pessoal da minha rua (oh bando de fofoqueiros!), meus colegas de faculdade (esses notam tudo, acho que por isso escolheram ser jornalistas!) e até mesmo da turma de inglês que vejo uma vez na semana (mas falam um monte), TODOS IRIAM PERCEBER!
Cheguei em casa. Esperei meu irmão entrar em casa, logo depois foi a vez do meu namorado. Acho que agora é minha vez de entrar em casa. Abri a porta lentamente, podia ver meu pai ao lado do telefone ligando certamente para o meu celular, minha mãe caminhando de um lado para o outro e meu namorado e meu irmão jogando uma partida interminável de Guitar Hero e eu ali na porta, com aquela cara de... De sei lá!
Todos ficaram aliviados ao me ver, meu namorado me beijou e meu pai logo perguntou:
- Onde você estava minha filha? Estavamos preocupados com o seu sumiço...
Minha mãe, que pode notar qualquer coisa a metros de distância já foi dizendo:
- Oh não! Não acredito!!! Depois de tanto que eu te pedi pra você não fazer isso...
E eu, sem mais que disfarçar digo:
- SIIIM! EU COMPRE UM NOVO ALL STAR! NÃO AGUENTEI, FUI LÁ, EXPERIMENTEI, GOSTEI E COMPREI! PRONTO!
Mas uma coisa é certa: ELE É L I N D O!
Poxa e o meu estava velhão, bem bem fud... ruim... (sendo que esses são os bons né, mas tem que comprar um novo pra ficar velho, tentem entender!

Aiii que alivio ter falado isso!



Read Users' Comments ( 1 )

Linguagem cria realidade? Ou a realidade cria uma linguagem?


Sempre ouvi que uma realidade cria a linguagem, mas andei pensando e vi que as coisas são ao contrário... Por que? Porque assim se eu escrever aqui (escrever é forma de falar e falar é uma linguagem) que quero me casar com um homem magro, alto, que use All Star, escute Charlie Brown Jr., tenha o cabelo despenteado e que pra eu seja lindo, você vai conseguir criar uma imagem. Por mais que o lindo pra você, não seja pra mim, você criou uma imagem.

Essa imagem é do meu namorado?

Siiiiiiiiim?! *-*

Lindo ele né?! Pois é, só meu!

Se você não conseguiu criar uma realidade com as características que eu te passe, pense e transforme as palavras em imagens é fácil e divertido e pode te deixar sonhando como um homem perfeito como é o que eu realizei!!!!

AAAAAAAAAAAAAAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINNNNNN!!!!!!!!!!!!!


Read Users' Comments ( 0 )

Oi!

Meu nome é Karen de Lima, tenho 18 anos nessa longa vida, sou GaúchaTchê!, mas moro em Santa Catarina há quatro anos. Estudante de Jornalismo na segunda fase, amo a arte de congelar e eternizar momentos que dizemos que é fotografar. Não ligava em blog, pois sou um pouco antiga e gosto muito do papel e caneta, mas aqui será o único lugar antes da minha futura revista para o mundo me conhecer e saber como sou e como escreve (e ler as minhas bobagens, hoho!). Sou irônica como a Mãe, provoco como o Pai e tenho a voz irritante como a do meu irmão menor. Sou o meu namorado de calcinha e acho que somente ele me entende em um simples olhar quando preciso (e quando não, também!). Falando em precisar, preciso me modernizar, porque a sociedade moderna, está me matando cada vez que saio a rua e me deparo com as meninas e com os meninos. Escuto Aliados por amor, gosto de verde, balas de goma, luzes,fogo e coisas que poucos gostem. Sou uma pessoa difícil e complicada, mas quando quero sou a melhor pessoa do MUNDO, mas repito: QUANDO EU QUERO! Não gosto de baladas, de homens que sejam bonitos e que todas achem, tipo, não gosto de nada que seja muito comum a todos... Por isso que: namorado, eu te amo! (L) (brincadeira); tenho medo de você, você também, de você e de quase todos que estão por aí, por aqui e por lá, além de ter medo de morrer, de quando a tela do computador fica completamente preta, de vômito (sei que ele não pode me pegar, mas tenho fobia e é normal), tenho medo de morrer, de que vocês morram (mesmo um dia isso acontecer) de que o mundo acabe sem eu conhecer o Fildzz e de que ninguém leia os meus textos que vou publicar nesse blog.

O que mais você precisa saber pra me conhecer? Morro de saudade da cidade de onde vim,da família que deixei, dos amigos que criei, das pessoas que conheci. Se podesse, gostaria que todos estivem aqui, mas aqui agora é o meu lugar! Minha vida mudou pra cá e há pouco tempo, aceito isso, pois tenho pessoas aqui também maravilhosas como tenho no RS.


Bom, se tiverem dúvidas sobre a Karen que aqui escreve, me digam que tentei esclarecer.
Obrigado a todos que passarem por aqui, sejam bem vindos!


Read Users' Comments ( 1 )